sexta-feira, 23 de abril de 2010

M'

(…) Afinal de contas toda a gente erra, eu sou igual ou talvez pior que as gentes deste Mundo. Nunca penso antes de agir, sou demasiado frontal e língua-de-pau, tenho um defeito horrível, faço sempre de tudo para agradar às pessoas de quem gosto.
Gosto de ser original, ter um toque de mim. Adoro quando me olham de alto a baixo, sinto que me dão importância, é interessante ser o centro das atenções pelos bons motivos, mas não sou convencida, SOU EU, só gosto que me dêem importância (atenção: não me importo minimamente o que elas pensam sobre mim!).
Gostava de ser auto-suficiente! De chorar sozinha, de ser eu a minha confidente.
Gostava de saber disfarçar quando estou no degredo. Amava nunca chorar, de não ter problemas de amor de não ser infeliz por causa de alguém, de não pensar em pessoas que me fazem e me querem mal. Emocionalmente sou frágil, posso dizer demasiado débil. Não suporto ser assim, sei que o tempo nunca volta a trás e digo sempre adeus quando não sei o que fazer. Preciso de sentir sensações novas, e vivo das recordações, pois é por isso que a minha cabeça vacila tanto, mas esta é uma realidade que eu vou aceitando.
EM SUMA: sei que vou para o céu, mas só peço que não seja daqui a muito tempo, ainda tenho muita coisa para fazer aqui no inferno, sim porque afinal de contas o Mundo é que é o inferno, aqui é que tenho de lutar por sonhos e más pessoas, lá vou descansar e reflectir sobre o mundo em que um dia vivi. Um dia vou-me encontrar!

P.S.- Não acredito em seres de outro mundo (Deus) comigo é ver para crer.

1 comentário:

Cathy disse...

Sabes o que me custa estar assim "longe" , distante de ti? é dificil, conseguir aceitar certas coisas! Sabes bem , que também és muitas das x o meu porto de abrigo, muitas das x se não fosses tu o que seria de mim? Eu prometo, que será para SEMPRE *.* Amo-te pita do meu coraçãozinhoo