sábado, 13 de novembro de 2010

"Não te quero magoar, acima e tudo gosto de ti! Sei que já te perdi e não há mais anda a fazer. Por mais que tente mudar o passado, sei que não vai dar, por mais que não queria admitir: EU ERREI. Adoro-te mas não consigo mudar a minha maneira de ser, não sei se conseguiria lidar com um novo eu. Perdoa-me se conseguires, porque me hei-de lembrar de ti para o resto da minha vida, e pelas melhores razões. Contigo consegui ser feliz, por pouco tempo que fosse."



Acabou? Para mim já acabou à algum tempo, por muito que me custe dizer, falhaste-me e obrigaste-me a fazer figura de palhaça. Acho que é o ponto final nesta história que provavelmente nunca irá ter fim. Pois por muito que me custe, és e serás sempre aquela pessoa especial.

2 comentários:

Marie disse...

Ele mudar? Amar é aceitar defeitos e qualidades. Força nisto*

...Ju... disse...

é tão mau estarmos nessa posiçao! :/